.

.

.

.

domingo, 2 de novembro de 2014

Mal andaríamos se um partido, fosse qual fosse, tivesse o poder absoluto sobre as nossas vidas!

Não fosse esta oposição forte, às vezes acutilante, do PS e TPA em Alpiarça e as coisas estariam ainda mais paradas do que estão


 
Quanto aos temas do bar das piscinas do parque de campismo, da barragem dos Patudos, da vala velha, da zona industrial, das trapalhadas urbanísticas, do campo de jogos do Casalinho e afins, que têm sido por demais aqui e noutros lugares debatidos, tenho a dizer muito simplesmente que ainda bem que existe uma oposição política em Alpiarça que "provoca" e indigna o poder instalado da CDU, fazendo com que estes despertem e se mexam!
Não fosse esta oposição forte, às vezes acutilante, do PS e TPA em Alpiarça e as coisas estariam ainda mais paradas do que estão.
Nesta coisa do equilíbrio de forças (brigas) entre partidos, quem sai a ganhar é sempre a Democracia. Mesmo que alguns partidos políticos tentem escolher e aconselhar o tipo de oposição que gostariam de encontrar por parte dos seus opositores. Cada um é como é, e mais nada!
Mal andaríamos se um partido, fosse qual fosse, tivesse o poder absoluto sobre as nossas vidas!
É a minha opinião.

Noticia relacionada:
 "DOS LEITORES: "apenas questões que ficam no ar"": 

2 comentários:

António Centeio disse...

A oposição tem estado e votado sempre contra o que os eleitos tem proposto.
É ver os filmes das reuniões de Câmara, mas com olhos de ver. A maioria ainda tem três anos para cumprir as poucas promessas que fez e já fez o que não estava no seu programa eleitoral.

Anónimo disse...

Senhor Centeio, tem toda a razão. Os opositores sem pelouro, deviam de ser até dispensados da câmara porque não estão ali a fazer nada e ainda levam senhas de presença que dava para fazer face a outras despesas do município! Como por exemplo, dar a tradicional sardinhada ou porco no espeto ao povo, que há muitos anos faz parte da nossa Feira da Alpiagra. Este ano não houve petisco para ninguém! Como dizia um funcionário camarário que costuma ajudar nas assaduras: "Este ano com a volta das sardinhadas do centenário e churrascos à beira da barragem dos Patudos, acabou-se a verba e a tradição não se cumpriu! Comeram em chibo, não comem em bode!"
Também já reparámos que estes vereadores da oposição, são uns incompetentes iletrados e uns espíritos de contradição que nunca estão satisfeitos com nada que venha da maioria ganhadora. Maioria que faz tudo, mas tudo, a pensar no povo de Alpiarça! Que vai (pasme-se!) fazer mais do que prometeu em campanha eleitoral! Que não dorme a pensar no desenvolvimento sustentado de Alpiarça! Que vai trazer um campo desportivo para o Casalinho, inegável mais-valia para o concelho, ao preço da chuva! Digamos o preço do alcatroamento de uns buracos na rua principal! Das duas, uma: ou os eleitos da oposição têm mau perder ou têm mesmo mau feitio e não querem aceitar o trabalho competente, transparente, honesto e sem mácula da CDU! Trabalho, aliás, conhecido e reconhecido por toda a população de Alpiarça, Casalinho e Frades.
Conforme aconselha, fomos ver alguns vídeos das reuniões de câmara e, o que mais gostámos foi das respostas dadas pelos camaradas vereadores da maioria, a questões colocadas pela oposição. Respostas firmes, concretas, dadas com convicção e inteligência que não deixam dúvidas a ninguém que vê e escuta, mesmo aos mais cépticos, de que são realmente as pessoas certas nos lugares certos. Também gostámos das réplicas do Presidente Mário Pereira, sempre assertivas, objectivas, interessantes, sérias e didácticas. Palavra de honra, dá gosto escutar este político que mais parece um profeta! Os seus sermões nas reuniões de câmara, aos inexperientes vereadores do PS e TPA, são uma constante quinzenal, que enriquece a oposição e o próprio debate político.
Não há dúvida de que o professor Mário Fernando, nasceu para a política, como Ronaldo nasceu para o futebol. Um dia destes ainda o vamos ver na Assembleia da República como chefe de bancada do Partido Comunista Português.
Pela sua inteligência, eloquência e defesa acérrima da causa comunista, já merecia esse reconhecimento, em nossa opinião. Alpiarça merece também essa distinção como baluarte vermelho.
O Comité Central do PCP um dia acabará por reconhecer as invulgares qualidades humanas, profissionais e políticas deste seu membro que tanto tem dado ao serviço do Partido e do Povo.
É a nossa opinião.

J.L