CDU e TPA EM “ROTA DE COLISÃO”?

.

.

.

.

REUNIÕES DE CÂMARA: UM VERDADEIRO ESPECTÁCULO E…. JÁ SÃO “NOTICIAS NACIONAIS”

“Vai para o c…”: vereador do PSD Alpiarça exige desculpas a presidente por ofensa

Leia a noticia completa em: Francisco Cunha e Mário Pereira trocaram acusações durante toda a reunião

REVEJA A REUNIÃO DA POLÉMICA ENTRE O PRESIDENTE DA CÂMARA E VEREADOR FRANCISCO CUNHA

Video da Reunião da Câmara de Alpiarça de 10-09-2014

QUE PENA OS ALPIARCENSES TEREM ESCOLHIDO ESTE VEREADOR (FRANCISCO CUNHA) PARA A NOSSA TERRA


O vereador F Cunha "apresentou "27 queixas sobre o município a diferentes entidades: Direção Geral das Autarquias Locais, Inspeção Geral das Finanças, Ministério Público e várias entidades reguladoras, entre outras"? Mas é esta pessoa que quer ser presidente da câmara? O inimigo número 1 do município de Alpiarça quer geri-lo? Que falta de vergonha!!! Não admira que até um santo perca a cabeça com esta figura. Leia mais em: "Francisco Cunha e Mário Pereira trocaram acusações...":

OS “LAMBE-BOTAS” DA POLITICA ALPIARCENSE

O comentarista que você diz que acusou o toque, se calhar falou por muitos alpiarcenses que se estão nas tintas para os aldrabões da política. E tem todo o direito de emitir a sua opinião. Não é como muitos lambe-botas que por aí andam a bajular os queridos líderes porque, coitados, não sabem mais e têm de ter alguém que pense por eles e que lhes garanta o tachito para si ou para os seus. Temos de admitir que há ainda quem não esteja contaminado pelos aldrabões da política e tenha uma opinião própria. Ou será que todos têm de idolatrar os políticos e as suas personalidades duvidosas? Leia mais em: "OPINIÃO: “Irra que é demais”":

COM SIGNIFICATIVO PESO FINANCEIRO

A CÂMARA MUNICIPAL DE ALPIARÇA ASSUME CONTRIBUTO PARA GARANTIR O ACESSO AOS CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS A TODA A POPULAÇÃO DO CONCELHO

A Câmara Municipal, tal como sucedeu anteriormente com outros médicos de nacionalidade cubana que prestaram serviço no Centro de Saúde, e na sequência de diversos contactos com as estruturas do Ministério da Saúde para resolver um problema que afecta centenas de alpiarcenses entre os muitos milhares de portugueses sem médico de família, assume a despesa com a habitação e respectivas condições de habitabilidade desta médica. Ler mais em: Nova médica no Centro de Saúde de Alpiarça

sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Mário Pereira a Francisco Cunha e o "enxovalho" do CADA

Tudo o mais, são "faits divers" da política


Há poucos dias, falava com um amigo que politicamente está muito próximo da CDU, a propósito da teimosia na entrega dos documentos, por parte de Mário Pereira a Francisco Cunha e, o "enxovalho" do CADA. "Enxovalho" que fica registado na história do centenário do município de Alpiarça, como picardia política que roça o infantil. Em 100 anos (!) de história, não há registo de coisa tamanha ou parecida.
Dizia-me este amigo: " Mas se estes tipos da CDU não têm nada a esconder e sabem que devem entregar os documentos, porquê este arrastar da situação? Assim muita gente começa a ter dúvidas se não haverá mesmo ali gato escondido com rabo de fora! É fazer o que têm a fazer e assunto arrumado! Porquê alimentar casos destes que se resolvem numa penada?"
Mais tarde, o executivo CDU, por força de Lei, acabaria por entregar os documentos solicitados pelo vereador do TPA.
No meio de tanta confusão, é caso para refletirmos seriamente nestes lamentáveis "incidentes".
Tudo o mais, são "faits divers" da política.

Noticia relacionada:

 "Despiques entre o presidente e o vereador da oposi...": 

Em política, não pode valer tudo

É evidente que há que ter estratégia política para aguentar a pedalada sem perder pontos


Esta campanha desenvolvida contra o Francisco Cunha, tem sido também orquestrada contra o Pedro Gaspar, representante do PS. Que tem sido, como sabemos bastante crítico em relação a muitas coisas que o executivo CDU tenta omitir,esconder ou silenciar na opinião destes dois opositores.
É evidente que há que ter estratégia política para aguentar a pedalada sem perder pontos. Uma força política contra duas é mais complicado do que contra uma só. E se for possível criar um total afastamento de um possível entendimento entre esses dois adversários, será o ideal.
É normal vermos escrito por aí que esta atenção redobrada, e até politicamente acutilante dos dois vereadores, relativamente ao governo CDU, só vem reforçar as fileiras comunistas. Sabemos que assim não é. Se alguém tem a perder com os casos que têm vindo a público e são mostrados nos vídeos das reuniões de câmara, é justamente a força no poder (CDU) e não a oposição.
Isso é dos livros e, portanto, não é novidade para ninguém, atento a estes fenómenos.
Não obstante, continuo a pensar, que mesmo em política, não pode valer tudo.
Só que o esforço respeitante à ética e à cordialidade tem de ser vontade expressa de todos os intervenientes, incluindo os partidos políticos de rectaguarda.

Noticia relacionada:
 "Despiques entre o presidente e o vereador da oposi...": 

Festa da Liberdade


Faz agora anos, com o novo regime saído do 25 de Abril ainda a mal gatinhar, que em Alpiarça se preparava a Festa da Liberdade. E as forças do antigamente, embrulhadas numa maioria silenciosa, a quererem deitar tudo por terra.

«Foto e texto de: Ricardo Hipólito»

OPINIÃO: Cada vez com mais lustro!

Por: Anabela Melão
A ministra da Justiça diz "assumir integralmente a responsabilidade política" pelos "transtornos" registados na plataforma informática Citius, mas negou que estes tivessem causado o "caos". Quanto às anomalias técnicas, assegurou que "haverá um processo de averiguações porque não há ninguém irresponsável". Mas cara ministra, a responsabilidade, numa escala piramidal hierarquica orgânica-funcional, mede-se e deve, como regra e sem excepções convenientes e oportunistas, ser sempre assumida pelo topo! Princípio básico do Direito! Mas, afinal, Justiça nem sempre é Direito e o Direito nem sempre é Justiça. Prática do Direito! Há aqui um vício de raciocínio e de comportamento! A "agressividade" das barras de um tribunal - que a advogada Paula esgrima exemplarmente - serve agora, de forma subvertida, de arma de arremesso para a desresponsabilização política da advogada-ministra! Vícios que ficam e que a demagogia afina e apura. Cada vez com mais lustro! 

Dia da Freguesia de Alpiarça e do nosso padroeiro St. Eustáquio.

Convite a toda a população 



Assembleia de Freguesia de Alpiarça

INFORMAÇÃO

Em conformidade com os art.ºs 7º, 9º e 12º do Regimento da Assembleia de Freguesia de Alpiarça, realiza-se no próximo dia 22 de Setembro de 2014, pelas 21H00, uma sessão ordinária da Assembleia de Freguesia de Alpiarça no edifício / sede da Junta de Freguesia, na Rua Maria Luísa Falcão, 30, com a seguinte Ordem de Trabalhos:

Ä Ponto Um – Apresentação escrita da presidente da Junta de Freguesia acerca da actividade da Junta e da sua situação financeira, nos termos da al. e) do nº 2 do artigo 2º do Regimento da Assembleia de Freguesia de Alpiarça;

Ä Ponto Dois – 2ª Revisão orçamental para o ano de 2014
              
      Alpiarça, 29 de Agosto de 2014      

O Presidente da Mesa da Assembleia de Freguesia de Alpiarça

 Ricardo Manuel Arranzeiro Hipólito

Em 200 mil casas vê-se TV pirata

Haverá em Portugal pelo menos 200 mil lares ligados de forma ilegal a serviços de televisão, revela o Jornal de Notícias.


O Jornal de Notícias adianta que haverá pelo menos 200 mil casas em Portugal equipadas com sistemas clandestinos de televisão. O negócio cresce e estima-se que as perdas mensais para as grandes operadoras se situem entre os 600 mil e um milhão de euros.
O fenómeno chama-se ‘cardsharing’ e quem o pratica incorre numa pena que pode ir até aos cinco anos de prisão e multas consideráveis. No entanto, o serviço clandestino continua a ter mais adeptos, com a Federão Portuguesa de Editores de Videogramas a estimar perdas de faturação mensais entre os 6 e os 10%.
Online existem boxes pirata à venda com valores a rondar os 100 euros, dá conta o mesmo jornal. Basicamente, o fornecedor pirata tem uma assinatura legal de uma operadora de televisão. Essa box legal é depois ligada à internet, a um servidor muitas vezes localizado no estrangeiro, para dificultar o trabalho às autoridades.
Depois de ligada o fornecedor pirata disponibiliza o serviço ilegal a outros consumidores, com preços a rondar os 10 euros por mês.
«NM»

quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Despiques entre o presidente e o vereador da oposição...

É este o estado da atividade política autárquica na minha terra. Tenho pena! Há tanto para fazer...

Opinião de  Sónia Sanfona/redes sociais
A opinião de Sónia Sanfona sobre o tema:
“Vai para o c…”: vereador do PSD Alpiarça exige desculpas a presidente por ofensa.."

Francisco Cunha e Mário Pereira trocaram acusações durante toda a reunião

“Vai para o c…”: vereador do PSD Alpiarça exige desculpas a presidente por ofensa


A reunião de câmara começou logo com despiques entre o presidente e o vereador da oposição, mas os acontecimentos precipitaram-se quando um munícipe interveio.

Um vereador da oposição da Câmara Municipal de Alpiarça acusa o presidente daquele município de o ter ofendido durante uma reunião da edilidade e exige um pedido de desculpas formal, ameaçando levar o autarca a tribunal caso tal não suceda já esta sexta-feira, quando há nova reunião da autarquia. O presidente confirma ter havido “uma altercação”, mas atira as responsabilidades para cima do vereador.
O incidente deu-se já perto do fim da reunião camarária de 10 de setembro. A dada altura, “há um munícipe que faz uma intervenção”, recorda Francisco Cunha, vereador eleito pelo PSD e que foi o visado das ofensas. “Depois de várias trocas de palavras mais quentes mas não ofensivas” entre o presidente Mário Pereira e o vereador, diz, o autarca da CDU terá dito: “Vai para o c…!”
Mário Pereira replica: “Quem me ofendeu foi ele! Eu estava a responder a um munícipe e ele interrompe-me e chama-me mentiroso”. Francisco Cunha não nega. “Fale a verdade, pare de mentir”, disse ao presidente, que, por sua vez, suspendeu a reunião. “Devolvi-lhe o insulto”, afirma Mário Pereira, sem contudo se referir especificamente ao termo que o vereador do PSD o acusa de ter dito.“Talvez, não sei”, ri-se o autarca, preferindo falar numa “altercação de parte a parte”.
“Admito que tenhamos excedido as marcas, mas a responsabilidade é do vereador”, acusa Mário Pereira, para quem “a intenção [de Francisco Cunha] é causar instabilidade”.

A reunião já não estava a ser muito pacífica. A tensão entre Mário Pereira – a cumprir o segundo mandato, para o qual foi eleito nas listas da CDU – e Francisco Cunha – vereador independente eleito pelas listas do PSD -, começara logo aos primeiros minutos de reunião, como é possível ver no vídeo oficial da reunião, publicado pelo município no YouTube.
No vídeo não é possível ver o momento em que a troca mais acesa de palavras ocorreu. “Ele cortou a parte onde teve essa triste intervenção”, acusa Francisco Cunha. Por alturas das 4h14m47s há um corte na gravação, justificado pelo presidente do município pelo facto de a reunião estar suspensa.
Após a discussão, “as coisas ficaram mais calmas”, relata Francisco Cunha, que garante:
“Amanhã, [16 de setembro], se ele não me apresentar um pedido de desculpas, vou para a Justiça. Se ele não pedir desculpa, vai ter de me ouvir.
Vou-lhe dizer: ‘Eu, no seu lugar, pedia desculpa. Ou só tinha uma coisa a fazer: demitir-me'”.
Mário Pereira diz não ter problemas em desculpar-se perante o vereador, mas só se Francisco Cunha fizer o mesmo. “Se ele me fizer um pedido de desculpas prévio, também lhe faço a ele”, assevera, acrescentando que “houve sempre bons relacionamentos” na autarquia, mas que, desde a chegada do vereador do PSD, tem havido “uma atitude provocatória” da parte deste.
Numa autarquia onde a CDU tem maioria, “apareceu uma pessoa que não tem medo de dizer o que pensa”, afirma Francisco Cunha sobre o seu trabalho, que, diz, já o levou a apresentar 27 queixas sobre o município a diferentes entidades: Direção Geral das Autarquias Locais, Inspeção Geral das Finanças, Ministério Público e várias entidades reguladoras, entre outras.
Em causa estão vários problemas: a recusa de fornecimento de informações da autarquia aos vereadores da oposição, a limitação do tempo de intervenção dos vereadores nas reuniões de câmara e ainda uma certa opacidade das atividades da câmara são algumas das acusações feitas por Francisco Cunha ao executivo de Mário Pereira.
«Fonte: Observador«

A ALDEIA PISCATÓRIA DO PATACÃO EM DEGRADAÇÃO



  Esta aldeia albergava uma comunidade de pescadores do rio Tejo, oriundos da Praia da Vieira - os AVIEIROS. Com o evoluir dos tempos estes habitantes foram-se mudando para outros lugares e para outras profissões, tendo a povoação ficado completamente deserta e votada ao abandono e a uma crescente degradação.
«De: Tomás Morgado»

OPINIÃO: “Irra que é demais”

MAS AFINAL DE QUE LADO QUERERÁ
 ELE ESTAR?
Por: M.C. (*)

Continuo assim a não entender os “cata-ventos" da política local numa "terra de ninguém" onde é permitido dizer os maiores disparates como este a que me assiste
Tenho vindo há algum tempo a seguir as pegadas de um certo candidato (a não sei de quê) que de erudito nada tem mas que como ilustre que quer ser está em tudo que é publico e algumas vezes até em bicos-de-pé.
Navego diariamente pelas redes sociais onde alguns politicos  (locais) de esquerda publicam os seus escritos. 
O dito-cujo lá está a dar borrifadelas a quem na direita está ou a ela pertence;
Nos da direita, lá aparece o dito-cujo a dar salpicos nos da esquerda.
E quando estamos no centro sobram queimadelas para ambos os lados. 
Isto é: para os políticos (locais).
Não entendo este escriba que não tem poiso certo para começar a pensar que estou perante um qualquer cata-vento que deve andar na procura de qualquer poiso para descansar a sua alma em prol de uma comunidade da qual não faz parte mas que teima em querer incluir-se.
Nas de Pedro Gaspar opina contra o Francisco Cunha ou na do Francisco opina ou questiona  sobre o Pedro.
Francamente nunca sei de que lado está ou a quem quer pertencer, isto é: a que partido.
Para meu espanto agora encontrei-o a bajular  escritos de Rosa do Céu deixando os seus pingos a resvalar para qualquer sitio menos para o Vale-da-Lama.
Escapa-lhe Octávio Augusto que não permite devaneios de quem não tem poiso certo e nas páginas da CDU/Alpiarça muito menos porque ali não são aceites opiniões de quem não sabe o caminho que escolhe.
Apenas nao se faz ou diz de  comunista porque o presidente da Câmara não costuma navegar na Internet ( que se saiba).
Mas afinal que quererá tal candidato?
Algum lugar ao Sol para passar o resto da reforma pregando aquilo que lhe bem apetece até ao dia que  lhe arranjem um ninho?
Só pode ser isto!
O que nos vale é que estas “entradas a matar” quer da esquerda quer da direita permite-nos saber  que na política (ou candidato a esta) quem não souber ser cata-vento não consegue chegar a lado nenhum.
Mas incomoda-me ter que ler as contradições do dito-cujo quando procuro saber alguma coisa dos regedores cá do burgo onde nem o antigo Vereador Pais escapa à perseguição de quem lhe quer chegar bem perto
Que o diga um ex-presidente da Junta de Freguesia.
Continuo assim a não entender os “cata-ventos"  ou intervenientes da política local numa terra de ninguém onde é permitido dizer os maiores disparates como este a que me assiste.

Este texto é apenas uma crónica de ficção e qualquer semelhança com pessoas ou factos reais é mera coincidência

(*) Colaborador do JA



OPINIÃO: O cenário da "Justiça" em Portugal está numa lástima

Por: Anabela Melão
E como o cenário da "Justiça" em Portugal está numa lástima resolvi deixar aqui alguns exemplos de leis ainda mais absurdas só para respirarmos fundo "sobreviver" ao caos, e, se possível, sorrir!
- No Japão, é proibido ser-se gordo. Existe uma lei (desde 2009) que especifica qual o tamanho máximo de cintura que uma pessoa pode ter. Os homens com mais de 40 anos não podem ter mais do que 80 cm de cintura e as mulheres da mesma idade não podem ultrapassar os 90 cm. As empresas que empregam pessoas com excesso de peso são penalizadas pelo Estado, de modo a incentivar os seus funcionários a comerem melhor e a fazerem mais exercício. A cintura dos japoneses é medida durante as consultas de medicina do trabalho. Quem exceder o limite é encaminhado para consultas de nutrição.
- Na Tailândia, as pessoas estão proibidas de sair de casa sem roupa interior.
- Na Dinamarca é obrigatório verificar se está alguém debaixo do carro. Se por acaso arrancar, passar por cima de alguém que esteja a dormir debaixo dos chassi e for parar à prisão, não há problema. Fugir da prisão não é considerado uma desobediência à lei.
- Na Suíça, se viver num apartamento, é proibido puxar o autoclismo depois das 22h. Tal como tomar banho, ou emitir qualquer tipo de ruído. 
- No Reino Unido, um hipotético ataque de extraterrestres só poderia ser travado se estes não tivessem uma autorização para nos 'visitar'. Se a possuíssem ?! os alienígenas poderiam sobrevoar as ilhas britânicas sem qualquer oposição. 
- Em Longyearbyen, na Noruega, nesta localidade, a maior (ou menos pequena) das inóspitas ilhas Svalbard, no Árctico, é proibido morrer, porque, devido ao frio extremo, os corpos que são enterrados naquele local não se decompõem. O cemitério deixou de aceitar 'novos mortos' há 70 anos. Se ficar seriamente doente naquela região, o mais provável é que o metam num avião e o encaminhem para um qualquer hospital da Noruega continental, onde possa morrer em paz. 
Por cá, começo a desconfiar que se morrermos "voluntariamente" ainda vamos ser condecorados, a título póstumo. 

Viva o grande Partido Socialista!

De: Miguel Sá Pereira
Por consciência... Melhor por falta dela... Determinadas pessoas deviam estar bem caladinhas.
Quando saírem das amarras e pensarem em levar a sua posição em diante, e não mudarem de um dia para o outro, com toda a certeza a sua credibilidade elevasse!
Ninguém andou atrás de ninguém ao contrário de outros que até na oposição procuraram apoios!
Viva o grande Partido Socialista!

"Pão-de-ló de Alpiarça"


A 32ª edição da Alpiagra - Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça foi também consagrada à divulgação e promoção da variada e rica doçaria alpiarcense, com destaque para o "pão-de-ló de Alpiarça". Para além da venda de doces nos espaços a esse fim destinados, a Alpiagra 2014 contou com o I Concurso do "Pão-de-ló de Alpiarça", no qual participaram 15 concorrentes. Foram atribuídos prémios de reconhecimento aos 3 primeiros classificados, que foram:
1º - Ana Tendeiro;
2º - Escuteiros de Alpiarça;
3º - Vera Coutinho

A Câmara Municipal de Alpiarça contou com a colaboração empenhada de vários alpiarcenses ligados à doçaria tradicional na realização deste concurso, e está a desenvolver linhas de trabalho que possibilitem a divulgação da nossa doçaria através dos canais próprios de promoção turística.

«CMA»

Mais de 70 mil funcionários públicos na mira para despedir

O Executivo liderado por Passos Coelho prepara-se para despedir 72 mil funcionários públicos. A notícia é avançada  pelo Diário de Notícias que garante que a ministra das Finanças deu ordem aos vários ministérios para elaborarem uma lista de pessoas a despedir.


Em agosto, a ministra das Finanças terá dado instruções informais às direções-gerais dos vários ministérios para que fosse elaborada uma lista com funcionários públicos que deverão ser abrangidos pelo Programa de Requalificação da Administração Pública.
O Diário de Notícias explica que serão então 72 mil os funcionários públicos que acabarão por ser demitidos e o prazo para que as listas fossem elaboradas termina ainda este mês.
Contactado pelo DN, o gabinete de Maria Luís Albuquerque negou que tais ordens informais tivessem sido dadas, contudo, aquela publicação sabe que o cumprimento do défice orçamental e o chumbo do Tribunal Constitucional aos primeiros cortes salariais estão na base desta decisão.
A FESAP – Federação de Sindicatos da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos – já pediu esclarecimentos ao Governo sobre estas ordens informais.
«NM»

quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Modas "HELDY"


Os meados da década de 70 tinham acabados de ser dobrados. Hélder Luciano tinha uma loja (da moda jovem) denominada HELDY. Resolveu patrocinar uma equipa de futebol de salão para um campeonato a decorrer no Pavilhão d'Os Águias.
Eis os jogadores do team, verdadeiros, direi mais, autênticos, representantes da moda.

«Texto e foto de Ricardo Hipólito»

TORNEIO DE FUTEBOL DE 7 ALPIAGRA 2014



A 32ª edição da Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça contou com um torneio de futebol 7, organizado pelo Núcleo Sportinguista de Alpiarça.

Marcaram presença o Núcleo Sportinguista de Alpiarça, a Casa do Benfica de Alpiarça, o Clube Desportivo "Os Águias" (juvenis) e o Município de Alpiarça.

No final do torneio decorreu um almoço/convívio na sede do NSA, no edifício Visconde Barroso.



«CMA»

OBRAS DE RECUPERAÇÃO DO EDIFÍCIO DA CASA DO POVO / CENTRO DE SAÚDE DE ALPIARÇA

Melhorando também a imagem urbana do concelho

Estão em fase de conclusão as obras de recuperação global exterior (recuperação dos telhados, reparação de caixilharias e pintura geral) do edifício da Casa do Povo / centro de Saúde de Alpiarça, promovidas pela Câmara Municipal. 
Com esta intervenção no edifício dotam-se os serviços e os utentes do Centro de Saúde, da Segurança Social e da Casa do Povo de melhores condições, melhorando também a imagem urbana do concelho.




«CMA»

Mário Pereira e vereador João Arraiolos no jantar comemorativo do 15º Aniversário da ARPICA


A convite da Direcção da ARPICA, o Presidente da Câmara Municipal de Alpiarça, Mário Pereira, e o vereador João Arraiolos marcaram presença no jantar comemorativo do 15º Aniversário da inauguração do Edifício sede da Associação.
«cma»

Alpiarça está com António Costa

Caras e Caros Alpiarcenses



No momento em que vão ser publicados os Cadernos Eleitorais para as Eleições Primárias, queremos agradecer a todos vós o contributo que entenderam dever dar, recenseando-se como simpatizantes para votar no próximo dia 28.
São muitos os portugueses, cada vez mais, que se juntam a este Movimento de Apoio a António Costa e que querem dar o seu contributo para gerar uma Mudança no País.
Trata-se de uma opção Nacional que juntos faremos no próximo dia 28 de setembro.
Agradecemos a todos os Alpiarcenses e apelamos a todos para que Alpiarça se junte também a António Costa.
Vamos Mobilizar Alpiarça, o Ribatejo, Portugal!

CGTP quer que Governo devolva as taxas dos subsídios de doença

A CGTP está a preparar uma ação judicial contra o Estado para que seja devolvidos os valores das taxas contributivas que, entre 25 de julho e o final de 2013, foram aplicadas aos subsídios de desemprego e de doença.



A decisão da CGTP em avançar com esta iniciativa junto dos tribunais baseia-se no facto de o Governo não ter eliminado o artigo do Orçamento do Estado que criou estas taxas - tendo optado pela sua reformulação - depois do o Tribunal Constitucional o ter declarado inconstitucional.
A versão inicial destas taxas previa que os desempregados pagassem uma contribuição de 6% sobre o valor do subsídio e que no caso das baixas por doença se aplicasse uma taxa de 5%. Para o TC a medida foi considerada inconstitucional até porque não salvaguardava os valores mínimos destas dois apoios contributivos.
"Uma dificuldade séria é, no entanto, suscitada pela ausência de uma qualquer cláusula de salvaguarda que impeça que os montantes pecuniários correspondentes aos subsídios de doença e de desemprego, por força da dedução agora prevista, possam ficar abaixo do limite mínimo que o legislador fixou, em geral, para o conteúdo da prestação devida para qualquer dessas situações", refere o acórdão do TC.
De acordo com a lei, o subsídio de desemprego não pode ser inferior a um Indexante de Apoios Sociais enquanto nas baixas por doença o subsídio não pode ser inferior a 30% do valor diário do salário mínimo nacional.
Depois de conhecer a decisão do TC, o Governo optou por reformular o artigo, determinando que da aplicação das taxas não poderia resultar um valor de subsídio inferior ao mínimo previsto na lei. Mas as taxas mantiveram-se, tendo começado a ser aplicadas de 25 de julho em diante. Os valores que tinham sido cobrado desde janeiro, foram entretanto devolvidos aos seus titulares.
A solução encontrada pelo Governo foi logo na altura contestada pela CGTP que agora anunciou a intenção de levar o caso para os tribunais com o objetivo de conseguir que as taxas então cobradas sejam devolvidas aos respectivos beneficiários.
Em conferências de imprensa realizada esta sexta-feira a CGTP apelou a todos os trabalhadores que se sintam lesados a juntar-se a esta iniciativa.
O Governo voltou a inscrever no OE de 2014 estas taxas de 5% e de 6%, mas o TC chumbou-as. A decisão foi conhecida a 30 de maio, anulando os efeitos da norma desde que ela começou a ser aplicada. Por este motivo, o Governo teve de devolver o dinheiro que tinha sido cobrado desde janeiro.
«DV»

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

ALPIARÇA REVISITADA

Rua José Relvas - Jardim Municipal - Anos 60 / Setembro de 2014

«Fotos e texto de Ricardo Hipólito»

Oposição como a que foi feita tanto pela CDU como pelo PS no passado e que nas urnas o povo soube reconhecer com votos

Cada vez mais esta oposição está mais isolada e contribui para a CDU engrossar as suas fileiras


Na minha opinião e de outras com quem falo, o problema não é fazer oposição mas sim a forma, caceteira e desrespeitadora dos órgãos, como é feita a oposição. Para não falar da falta de credibilidade de quem a faz.
Esta estratégia não leva a lado nenhum e só deteriora as relações entre as pessoas e prejudica a discussão política saudável em democracia. Oposição como a que foi feita tanto pela CDU como pelo PS no passado e que nas urnas o povo soube reconhecer com votos.
Ainda se este estilo desse votos, tudo bem. Tinha um objectivo claro. Mas nem isso, muito pelo contrário. Cada vez mais esta oposição está mais isolada e contribui para a CDU engrossar as suas fileiras. O que a vaidade pessoal é capaz de fazer ... Sim, porque se olharmos com atenção para esta oposição, só vemos egos do tamanho do mundo, que não tem uma visão correta da realidade e a querer impor a todo o custo a sua presença, mesmo sem ser solicitada pelos alpiarcenses. Não tarda estão todos à briga. Ódios disfarçados já devem ter. É que a oposição tem protagonistas a mais e não há lugar para todos. Quem será que vinga, se é que não se "queimam" todos os actuais protagonistas, é que eu não sei. Vamos ver. 

Noticia relacionada:
"OPINIÃO: "a grande embrulhada onde estamos metidos...": 

Defender a Escola Pública

«PUB»

ESCLARECIMENTO AOS SIMPATIZANTES DO PS

ESCLARECIMENTO AOS SIMPATIZANTES DO PS
De: João Pedro do Céu (*)
Inscritos para participarem nas Primarias do PS com quem falei, disseram-me que gostariam de Votar Seguro mas que, como se inscreveram numa banca do Costa, não podiam Votar Seguro.
Não!
Quem se inscreveu, fosse como fosse, pela internet ou através do preenchimento de uma ficha, não assumiram qualquer compromisso de voto em qualquer candidato, nem o podiam fazer.
No momento de se inscreverem, assumiram simplesmente serem simpatizantes do PS, e desejarem participar na escolha do candidato do PS a Primeiro Ministro.
O voto é decidido no momento de votar, e de acordo com a consciência de cada um!
Eu, por imperativo de consciência, apelo ao Voto em António Seguro!
* Copiado de Fernando Pires

CLDS+ ALPIARÇA

No passado dia 11 de setembro, o CLDS+ de Alpiarça organizou o II Encontro de CLDS+ do Distrito de Santarém, na vila de Alpiarça.



No passado dia 11 de setembro, o CLDS+ de Alpiarça organizou o II Encontro de CLDS+ do Distrito de Santarém, na vila de Alpiarça.
Tivemos o prazer de contar com as Equipas Técnicas dos CLDS+ de Benavente, Coruche, Rio Maior, Santarém e Tomar!
Para além de darmos a conhecer a vila de Alpiarça aos nossos convidados, tivemos a oportunidade de partilhar experiências e estratégias de trabalho, num dia que foi marcado pelo convívio e boa disposição.
«CMA»

Jantar / Convívio de activistas CDU na Alpiagra 2014


O deputado António Filipe visitou todo o espaço da Alpiagra 2014


No passado sábado, várias dezenas de activistas da CDU juntaram-se ao Deputado do PCP, António Filipe, pelo nosso distrito num jantar/convívio que é já habitual realizar-se durante a Alpiagra.
António Filipe visitou todo o espaço da Alpiagra 2014, acompanhado do Presidente da Câmara e de responsáveis do Partido.




«CDU/Alpiarça»

Passeios séniores 2014 a museus de Arraiolos


Este ano de 2014 a Câmara Municipal de Alpiarça realizou um conjunto de 5 passeios/visitas a Arraiolos para reformados, pensionistas e idosos do concelho, contando com o apoio da equipa do CLDS+ Alpiarça e com a colaboração da Fundação José Relvas e da ARPICA. 
Nestes 5 dias foi possível visitar os Centros Interpretativos do Tapete de Arraiolos e do Mundo Rural, em ambiente de convívio e de confraternização entre os participantes, bem como de enriquecimento cultural.







«CMA»