PAULO SARDINHEIRO

Resultado de imagem para Paulo Sardinheiro de alpiarça

O NOVO LIDER DO PSD/ALPIARÇA

Leia mais abaixo

ALPIARÇA CONTA COM UM NÚMERO MUITO REDUZIDO DE PESSOAS SEM QUALQUER CARGO POLÍTICO

Os superiores interesses partidários da maioria que governa

Resultado de imagem para reunião de camara de alpiarça

O cidadão tem ainda o direito a defender-se antes de ser condenado e, as suas propostas e anseios devem ser analisados pelos autarcas numa perspectiva de lógica comum, tendo em conta os superiores interesses do município e não os superiores interesses partidários da maioria que governa. Quando tudo funcionar tendo em vista apenas o entendimento e bem comum, seremos capazes de progredir para um concelho mais organizado, mais próspero e feliz. Ler mais em: OPINIÃO: "Um nunca mais acabar de disparates"

PRESIDENTE DA CÂMARA DEVE FAZER UMA CAMPANHA DE SENSIBILIZAÇÃO JUNTO DOS MUNÍCIPES


Gostei de ver o nosso presidente na equipa de limpeza dos contentores dos lixos públicos do município de Alpiarça. Gostaria também que o nosso presidente fizesse uma campanha de sensibilização junto dos munícipes que tanto maltratam os contentores e contribuem de forma acelerada para a sua degradação e consequentes maus cheiros. Ler mais em: "
O que o executivo da CDU já fez e o que ainda vai ...":

OS “BOTA-ABAIXO” DOS ELEITOS DA CDU/PCP

Vem ai o Festival do Melão que mais uma vez vai projectar aquilo que sustenta centenas e centenas de famílias alpiarcenses para de seguida levar-se a efeito a Alpiagra. E o mandado dos eleitos da CDU não vai acabar sem obras importantes. Ainda vamos assistir à implantação do Campo de Futebol do Casalinho e à limpeza da Barragem dos Patudos, duas obras importantes que vão custar alguns milhões de euros. Ler: O que o executivo da CDU já fez e o que ainda vai fazer

FALO AMARGAMENTE E COM CONHECIMENTO DE CAUSA

Basta fazer uma pequena e simples análise para concluir que, os comunistas que se dizem defensores disto e daquilo...que são gente séria, honesta, cumpridora, transparente, impoluta, pessoas que estão ao lado da razão, dos mais fracos etc. no fim de contas, são iguais senão piores que os outros. Piores do que aqueles que eles criticam e deles dizem cobras e lagartos. Falo amargamente e com conhecimento de causa. Ler: Diz o povo: "quem não se sente não é filho de boa gente!"

.

.

terça-feira, 7 de julho de 2015

PAULO SARDINHEIRO: Vai ser o novo “líder” do PSD em Alpiarça

PAULO SARDINHEIRO: o “líder” do PSDem Alpiarça
Jornal Alpiarcense  soube de fonte segura  que o próximo presidente da Secção do PSD de Alpiarça vai ser o actual deputado do TPA Paulo Sardinheiro já que Mário Santiago tem vindo a demonstrar, por motivos profissionais “falta de disponibilidade” para ocupar o cargo.
Segundo a mesma fonte o PSD/Alpiarça já conseguiu “angariar cerca de 80 militantes” que estão dispostos a “trabalhar para a grandeza do partido” em Alpiarça. A maioria dos novos militantes reside no Frade de Cima e de Baixo.
Adiantou-mos ainda a fonte que curiosamente é  nos “Frades onde há um maior descontentamento” porquanto a “recolha de lixo deixa muito a desejar para além das ruas esburacadas e outros problemas” mas essencialmente pelo “abandono” a que os “fradenses  sentem  por  parte do executivo da CDU."
Quanto à nova sede, será em principio, onde esteve a “sede de campanha do TPA/PSD”.


Por: AC/JA

OPINIÃO: "Um nunca mais acabar de disparates"

Os políticos são normalmente como "o ferreiro de Rio Maior que prometia bem e faltava melhor."
Por: F. Mariano
Não tenho nada de extraordinário contra os políticos que conduzem os destinos de Alpiarça no presente, ou conduziram no passado, assim como não tenho nada contra qualquer cidadão que proteste e exerça os seus direitos e deveres de cidadania. Desde sempre que Alpiarça conta com um número muito reduzido de pessoas sem qualquer cargo político (vulgo público) nas reuniões de câmara e assembleias municipais, diga-se em número reduzido e pouco interventivos na vida pública. Um ou outro cidadão ao longo dos tempos tem apresentado nestes órgãos institucionais simples problemas particulares que, normalmente, não têm a tramitação devida e muito menos a resolução que seria expectável. Os políticos são normalmente como "o ferreiro de Rio Maior que prometia bem e faltava melhor."
No entanto, e ainda bem, um cidadão residente em Alpiarça de nome Eduardo Costa, coronel aposentado, resolveu contrariar o lado inquestionável dos nossos políticos autárquicos e, em todas as sessões lá está ele com uma, duas ou três questões a lembrar aos eleitos o que, em sua opinião, poderá ser feito ou corrigido, a bem do município e da sua população. É claro que uma onda de protestos e preocupação, em meu entender desmesurada, de repente invade as redes sociais por parte dos detentores do poder local e seus ajudantes de campo. Desde dizer que o coronel não é de cá e por isso não conhece a realidade de Alpiarça... É um militar e como tal o seu conceito de democracia é enviesado e deixa muito a desejar...que é o mandante e responsável pelo "Gabinete de Estudos" do TPA etc. etc...Enfim um nunca mais acabar de disparates, acusações e afirmações por provar e, por isso, com poucas bases de sustentação. O que me parece é que qualquer cidadão que se interessa pelo município onde vive e paga os seus impostos, deve ser ouvido por quem gere democraticamente a autarquia. O cidadão tem ainda o direito a defender-se antes de ser condenado e, as suas propostas e anseios devem ser analisados pelos autarcas numa perspectiva de lógica comum, tendo em conta os superiores interesses do município e não os superiores interesses partidários da maioria que governa. Quando tudo funcionar tendo em vista apenas o entendimento e bem comum, seremos capazes de progredir para um concelho mais organizado, mais próspero e feliz.

Banda da "Música" em concerto na Festa da Gouxaria

No Jardim/Parque de Merendas da Gouxaria
Sábado, dia 11 de Julho, às 21 horas


Video da reunião da Câmara de 06-07-2015

ECONOMIA: Esta economia de sucesso do Centrão

Por: A.L
Mais um excelente "ratio" desta economia de sucesso do Centrão...
Como venho dizendo desde há alguns anos, e se vem confirmando, tudo o que acontece na Grécia, repercute-se/repete-se em Portugal num espaço temporal de 6-12 meses.
Se formos inteligentes só temos de saber (?) aproveitar de forma inteligente este curto tempo e espaço de manobra.
Até agora não temos sido... Se dúvidas houverem os 130% de dívida e o deficit de 2014/2015 nos 5-6%, demonstram que tenho razão...

Saíram de Portugal 16 bancos desde 2011/Expresso

Afinal Alpiarça não tem mais um médico, mas apenas alguém com formação em "medicinas alternativas" chinesas


Sr Comentarista Emigrante ( "1500 alpiarcenses sem médico de familia")
Não se esqueça que em Alpiarça nem tudo o que parece.... é. E muito menos vindo de determinados sectores que se apoderaram do Poder Autárquico com as palavras bonitas que usam nas manifestações e nos panfletos, mas que são bem diferentes quando tomam o Poder.
Com o caso deste médico passa-se mais do mesmo. O importante é mandar-se poeira para os nossos olhos fazendo crer que, até pela foto com o nosso presidente, que o executivo teria conseguido mais um médico para o concelho.
o Sr. Comentarista vai ficar tão desiludido e revoltado, como eu fiquei ao sentir-me enganado com a falsa notícia.
Afinal Alpiarça não tem mais um médico, mas apenas alguém com formação em "medicinas alternativas" chinesas.
Que eu saiba para se ser médico em Portugal têm de se estar inscrito na Ordem dos Médicos, o que não será o caso.
É muito triste que em Alpiarça, notícias com origem em determinadas fontes, continuem a desinformar sem rigor com "inverdades", fazendo-nos passar por parvos, ao procurar vender-nos "gato por lebre". 

Portugal vai receber 1500 refugiados nos próximos dois anos

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, já comunicou a disponibilidade à Comissão Europeia. Uma notícia revelada na edição de hoje do Diário de Notícias, que conta que a maioria dos refugiados serão migrantes sírios, muitos com formação superior e capacidade financeira.
A avaliação de risco de segurança será feita pela secretas, mas uma fonte policial próxima do processo, citada pelo Diário de Notícias, afirma que tendo como exemplo os 70 sírios que em 2013 chegaram ilegalmente a Portugal vindos de Bissau, "a nacionalidade dos refugiados até dá alguma tranquilidade. Dos 1500 migrantes que Portugal irá receber são quase todos da classe média, estavam integrados na sociedade e têm recursos financeiros".
Citada pelo DN, uma fonte que está a acompanhar este processo, sublinha que "independentemente de quererem ficar em Portugal, o mais provável é que, tal como a Itália e a Grécia, este seja apenas um ponto de passagem para países do Norte da Europa e para os Estados Unidos onde estes refugiados têm familiares e comunidades enraizadas".
Yannis Behrakis/Reuters
Portugal vai receber 1500 refugiados nos próximos dois anos
A Comissão Europeia tinha sugerido a Portugal acolher 2 mil e 400 pessoas, Portugal defendeu um ajustamento de critérios e nos últimos dias o Ministro dos Negócios Estrangeiros, com o acordo do primeiro ministro, comunicou a Bruxelas disponibilidade para receber 1500 refugiados do mar Mediterrâneo, durante os próximos dois anos.
De acordo com o Diário de Notícias, o Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, o Ministério da Administração Interna e os serviços de Informações já estão a preparar esta operação.
No primeiro semestre do ano mais de 137 mil pessoas atravessaram o Mediterrâneo, atingindo um número recorde de migrantes, com um aumento de 83% face ao mesmo período de 2014.
«TSF»

1500 alpiarcenses sem médico de familia

Fiquei contente com a noticia ("Alpiarça tem mais um médico").Mas foi sol de pouca dura,afinal o médico não vem para Alpiarça para dar consulta fica-se pelos Frades que também merecem ao menos um medico de Clínica Geral e não tem nenhum...Mas o mais triste é que eu sendo emigrante passando a maior parte do tempo em Portugal também não tenho médico de família, e como eu à mais de 1500 em Alpiarça, passo a vida abandonado pelo meu pais e isto graças ás maiorias criadas em Portugal. A culpa deste estado lamentoso na saúde que temos em Portugal não é só de quem governa. É também desta grande maioria que vota contra ela mesmo nestes partidos da alternância ou nestes grupelhos que aparecem por todo o lado a fazerem de cabeceira aos que governam.

Aulas de Hidroginástica

No complexo das piscinas - Exterior
Terças e Quintas das 18 às 18h45

Camaradas de Alpiarça simples e maus aprendizes do comunismo

Para aqueles que têm tentado "colar" o coronel Eduardo Costa ao partido do governo central, esta é uma pedrada em cheio na “moleirinha”! De tal forma, que terão ficado apanhados da fala e a magicar a maneira de o demover da política e deitar abaixo as suas posições individuais (pouco vulgares na região) bem patentes nos escritos e palestras que vai disseminando quer pelas redes sociais quer na imprensa falada e escrita. A “embirração” de certos senhores de cargos políticos públicos, será só porque o ex-militar usa casaco branco e visitou a casa de Mozart em Salzburgo? Em argumentação e princípios políticos não vai ser fácil deitá-lo abaixo, como estamos a ver. Como é que um partido de esquerda como o PCP, por exemplo, vai contrariar ou combater os argumentos políticos e ideológicos aqui apresentados pelo coronel? Como é que vão ter coragem de dizer que o homem é de direita? Vendo bem as coisas, o coronel poderá ser um verdadeiro comunista no conceito leninista do termo e, os camaradas de Alpiarça simples e maus aprendizes do comunismo.

"Na Europa, as empresas nem crescem nem morrem"

O Prémio Inovação NOS foi entregue  a quatro empresas. O comissário europeu Carlos Moedas esteve presente e falou para a comunicação social.
O comissário europeu, Carlos Moedas, alertou hoje para um problema nas realidades económicas. No dia de entrega do Prémio Inovação NOS, o antigo secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro explicou que é essencial que as empresas tenham um "DNA inovador”.
Mas mostrou uma enorme preocupação. “Nos Estados Unidos há muitas empresas que falham e há muitas que crescem mais de 20%. Já na Europa, poucas falham e poucas crescem mais de 20%. Nem crescem nem morrem”, sustentou.
“Tem que ver com o ecossistema da inovação e da ciência”, justificou Carlos Moedas ao Dinheiro Vivo.
Para o comissário europeu é “a capacidade de amplificar as diferenças que leva a grande parte do sucesso”. “Para termos talento não podemos dizer a esse talento o que tem de fazer, temos de criar condições para ele realizar os seus sonhos”, remata.
«NM»

segunda-feira, 6 de julho de 2015

O ABORTO POLÍTICO-MORAL EM QUE O CENTRÃO ESTA A COLOCAR PORTUGAL

De: Eduardo Costa
Enquanto nos deliciamos com este Sol e 20% dos portugueses passam fome, outro país pequeno, com a mesma população de Portugal, e igualmente economicamente fraco e pobre, carregado de história, continua a fazer história e CONTINUA NA HISTÓRIA. 
Perante esta atitude, os "visionários" do Centrão, receosos que a moda do "orgulho nacional" volte a pegar de estaca por cá, andam numa descarada confissão declarando que Portugal não é a Grécia. 
Pois não, graças ao Centrão e seus vermes, Portugal é uma insignificância histórica, um serviçal para todo o serviço. Tem um presente que envergonha o passado. Simplesmente não existe. É um esfregão que se vende a retalho e que ficou esquecido nas limpezas da União Europeia. O Centrão não se engana.Borra-se e borra-nos a todos, na sua traidora subserviência merkeliana.
Aliás, o mal da Grécia, como ja se diz por toda a Europa, é estar a servir de exemplo para Itália, Espanha e Portugal e , como tal, jamais poder ter sucesso mas apenas mais miséria social.

O que o executivo da CDU já fez e o que ainda vai fazer

I. L.
Este “colectivo” da CDU, eleito maioritariamente pelo povo alpiarcense, aos poucos e dentro das suas possibilidades lá vai cumprindo com as suas promessas  para ao mesmo tempo fazer outras obras com o pouco dinheiro que tem mesmo que a oposição e os profissionais do bota-abaixo digam o contrário.
Acabaram ontem os festejos do Casalinho. Há 17 anos não se realizavam mas numa harmonia de diversos organismos e pessoas tornou-se realidade;  ainda há pouco foi divulgado, neste jornal, com fotografias e tudo, a lavagem dos contentores de lixo que contou com a presença e participação activa do presidente da Câmara que até incomodou alguns puritanos que tanto criticaram Mário Pereira de não sair do gabinete para agora o acusarem de se misturar com os trabalhadores.
Vem ai o Festival do Melão que mais uma vez vai projectar aquilo que sustenta centenas e centenas de famílias alpiarcenses para de seguida levar-se a efeito a Alpiagra.
E o mandado dos eleitos da CDU não vai acabar sem obras importantes. Ainda vamos assistir à implantação do Campo de Futebol do Casalinho e à limpeza da Barragem dos Patudos, duas obras importantes que vão custar alguns milhões de euros.
Tudo isto porque a concretização do quer que seja é feita no colectivo e quando há acordo entre todos as obras aparecem e o povo sabe ver quem mostra serviço e quem só sabe criticar por não ser capaz de apresentar projectos concretos e elucidativos como aqueles dos que andam pelas esquinas e nos cafés a dizer o bota-abaixo porque melhor não eram capazes de fazer  para não se falar na seriedade dos eleitos da CDU já no que toca à oposição é aquilo que todos sabemos mas que nem sequer gostamos de falar porque temos vergonha na nossa cara.

Caminhada do Melão

26 de Julho 2015 | 9h00
Concentração Parque do Carril / Festival do Melão


Inscrições online ou para gabinetedesporto@cm-alpiarca.pt / Posto Turismo
Pela sua saúde junte-se a nós!

Os fundadores e associados do grupo '1295' tem perspectivas politicas

Este nosso presidente tem muitas semelhanças com o seu antigo companheiro Scalabitano, Francisco Moita Flores (também conhecido pelo senhor Francisco Muitas Festas)...
Esperamos que num futuro próximo, quando o presidente for  para a Assembleia Municipal ou a CDU perca as eleições se venha a saber  que festas foram muitas mas com os compromissos assumidos,  ora pensemos...
Podem sempre por os meninos do PC (1295 ou lá o que é) a dar a mão de obra... pois esse grupelho comuna fechado serve para quê ? Tem algum interesse na sua existência, pois dos seus fundadores e associados, muitos tem perspectivas politicas (não sei para que, pois nem uma soma a direito sabem fazer...)
Essa associação devia ser algo mais transparente...foi criada e a ela logo atribuída uma sede... ninguém sabe o que sustenta a mesma... enfim mais um braço do polvo...

Desemprego cai para 13,2% em maio em termos homólogos

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a estimativa provisória da população desempregada para maio é de 676,8 mil pessoas, um aumento de 2,9% face ao valor definitivo obtido para abril (mais 19,1 mil pessoas).
Já a estimativa provisória da população empregada é 4.444,0 mil pessoas, menos 0,5% do que no mês anterior (menos 22,7 mil pessoas).
Nestas estimativas foi considerada a população dos 15 aos 74 anos e os valores foram previamente ajustados de sazonalidade.
"Em maio de 2015, a estimativa provisória da taxa de desemprego foi de 13,2%, o que se traduz num aumento de 0,4 pontos percentuais em relação ao mês anterior, para o qual contribuiu o acréscimo da população desempregada e o decréscimo da população empregada", lê-se no documento do INE.
Em maio, a população desempregada aumentou em todos os grupos analisados: homens (5,3%; 17,2 mil), adultos (2,1%; 11,4 mil), jovens (6,6%; 7,7 mil) e mulheres (0,6%; 1,9 mil).
Neste mês, a taxa de desemprego das mulheres (13,3%) ultrapassou a dos homens (13,2%) em 0,1 pontos percentuais, mas ambas aumentaram face a abril (0,1 pontos percentuais e 0,7 pontos percentuais, respetivamente).
A taxa de desemprego dos jovens situou-se em 33,3%, tendo aumentado 1,6 pontos percentuais face ao mês anterior, assim como a taxa de desemprego dos adultos se situou em 11,6% e aumentou 0,2 pontos percentuais em relação ao mês anterior.
Em maio de 2015, a estimativa provisória da taxa de desemprego não ajustada de sazonalidade foi de 13%, tendo aumentado 0,2 pontos percentuais face ao mês anterior e diminuído 1,1 pontos percentuais relativamente a maio de 2014.
Já a queda da população empregada observou-se: nos homens (1,2%; 27,7 mil), adultos (25 a 74 anos) (0,5%; 20,1 mil) e jovens (15 a 24 anos) (1,0%; 2,5 mil). Para as mulheres verificou-se um aumento de 5,0 mil pessoas empregadas (0,2%) face ao mês anterior.
A taxa de emprego situou-se em 56,8%, caindo 0,2 pontos percentuais face ao nível do mês anterior.
Já a taxa de emprego dos homens (60,2%) superou a das mulheres (53,6%) em 6,6 pontos percentuais, tendo a primeira recuado 0,7 pontos percentuais face ao mês anterior e a segunda aumentado 0,1 pontos percentuais em relação a esse período.A taxa de emprego dos adultos foi de 62,4% e a dos jovens foi de 22,4%, o que representa uma queda face a abril de 0,3 pontos percentuais e 0,2 pontos percentuais, respetivamente.
«NM»

domingo, 5 de julho de 2015

A Câmara está a fazer todos os esforços para a requalificação do espaço dos “Patudos”

 A injecção de água é uma excelente ideia, mas contudo o mal continuará no fundo da barragem” reconhece Diogo Rodrigo Teodoro Lopes que dá a sua opinião, na blogosfera como uma “crítica construtiva” para que o presidente das Câmara não a entenda de outra forma.
Acrescenta ainda que “ sendo uma das ideias bem fortes da população seria a retirada de toda a agua presente nesta área, de seguida armazenar os peixes num local próprio” para depois se “efectuar a limpeza do fundo e retirar todo os resíduos que neste se encontram” e seguidamente “reabastecer a barragem novamente e voltar a colocar os peixes lá. Assim poderia ser que daqui a 10 anos tivéssemos novamente uma barragem própria para banhos bem como para actividades desportivas sem por em risco a saúde dos seus utentes, como já aconteceu a um habitante lhe ser diagnosticado uma bactéria no estômago depois dum treino de triatlo”.
No entanto, como já foi publicado no JA a “Câmara municipal de Alpiarça está a fazer todos os esforço para a requalificação do espaço” esperando nós que não venha a ser permitido o uso do espaço enquanto não se resolve de vez o problema 

"É possível aumentar o salário mínimo na maioria dos setores"

Aos 70 anos, Luís Filipe Pereira assumiu a presidência do Conselho Económico e Social (CES), casa da concertação social.
Luís Filipe Pereira diz-se “partidário de um aumento do salário mínimo nacional”. “Na generalidade dos setores será possível”, garante, assumindo que, em determinados casos, pode ser um risco demasiado elevado.
Posso ter essa vontade [de aumentar o salário mínimo], mas se isso puser em risco o emprego ou a sobrevivências das empresas, não será uma boa medida. Há sectores em que é mais difícil e outros em que não”, explica, admitindo, contudo, que “tem de haver um esforço nesse sentido”.
Estamos num período delicado […] e temos de dar prevalência ao emprego e à competitividade das empresas” para gerar emprego, defende o ex-secretário de Estado da Segurança Social. “Dar subsídios não resolve o problema de fundo”.
Para Luís Filipe Pereira, “baixar salários para toda a função pública”, não é uma reforma do Estado. “Se não altero as formas de funcionamento, a mentalidade ou a forma de gerir as pessoas, obviamente que ao fim de algum tempo voltamos à situação inicial. É como carregar com o dedo numa bola de plástico. Se tirar de lá o dedo, a bola regressa à forma que tinha”.
«NM»

sábado, 4 de julho de 2015

Eusébio da Silva Ferreira



Numa altura em que tanto se briga por causa dos tachos, da afirmação partidária e lugares ao sol que a política proporciona, é bom relembrar o percurso humilde do grande "Pantera Negra" agora colocado no Panteão Nacional, ao lado daqueles que pela sua valiosa obra, tornaram os seus nomes imortais em Portugal e no mundo. Eusébio da Silva Ferreira, merece esse lugar de honra por mérito próprio. A sua luta foi pelo futebol. O seu único partido, foi Portugal.


Jornal Alpiarcense, como aconteceu na morte do "Rei", não esquece aqueles que "por obras valorosas se vão da lei da morte libertando"...como escreveu na sua epopeia "Os Lusíadas", outro ilustre português de nome Luís Vaz de Camões.


Obrigado a todos eles. Obrigado a todos aqueles que ainda vão tendo memória e reconhecimento dos nossos valores pátrios.


Esperava-se que com os comunistas fosse diferente por compaixão com os reformados, pensionistas e idosos

O povo sentiu na pele foi desde 25/4/1974 até 25/11/1975 e por cá prolongou-se durante mais uns bons tempos. Em Alpiarça é verdade que os reformados vivem mal, especialmente os da Arpica e as suas famílias, que viram as suas mensalidades aumentadas mais de 100 euros. As mensalidades que obrigaram os idosos e famílias a pagar são iguais ou superiores a alguns lares privados explorados por "capitalistas" com tanta ou mais qualidade. Esperava-se que com os comunistas fosse diferente por compaixão com os reformados, pensionistas e idosos. Até parece que foram eles os culpados dos desvios e da má gestão que ocorreram ao longo dos tempos. Quanto aos jovens e desempregados é fácil de ver que o pouco emprego que existia foi encerrado por causa de reivindicações absurdas dos sindicalistas, militantes do partido que  tal como um eucalipto secou toda a indústria e comércio que Alpiarça já teve. Os interesses do partido estão primeiro e pouco lhes interessa que 30 ou 40 famílias fiquem desempregadas se a desgraça dos outros contribuir para as "lutas" e para que dirigentes sindicais e "controleiros" cumpram a sua agenda política e com isso justifiquem andar de costa direita. 
Noticia relacionada:

Actividades lúdico-desportivas nas Piscinas Municipais de Alpiarça.

OTL / CAF VERÃO 2015 EM ALPIARÇA
«CMA»

FESTA DO CASALINHO



«Fotos de Mário Pereira»

OTL / CAF VERÃO 2015 EM ALPIARÇA

Actividades lúdico-educativas na Reserva do Cavalo Sorraia

«CMA»

Alpiarça tem mais um médico


Com o Dr. Marius Macovei, médico de medicina tradicional chinesa, que, na sequência de um protocolo estabelecido com a Câmara Municipal de Alpiarça, passou a dar consultas e a realizar tratamentos no edifício da antiga Extensão de Saúde, no Frade de Baixo, às sextas e sábados, possibilitando assim uma nova e diferenciada oferta nesta área da saúde à população do concelho e da região.
«Texto e foto de: Mário Pereira»

QUE PERCAM. AFINAL ALPIARÇA SÓ TERÁ A GANHAR!

E.M.C.
Dou os meus parabéns ao comentarista ( "Diz o povo: "quem não se sente não é filho de boa ...": ). Esta é a verdade nua e crua. É a síntese de um excelente post que o JA aqui publicou. O pior ou se calhar o melhor é que os comunistas de Alpiarça não aprenderam com os erros do sr. eng. mecânico Raul Figueiredo e foram buscar toda a sua equipa. Isabel Coelho nas Escolas, Cajó que foi vereador e que fazia parte das listas com ele e com a Alice Palão, Osório e Jota que eram seus assessores e Brasileiro que foi uma espécie de Presidente de Junta. De novo Mário Pereira, que é a reencarnação do mesmo estilo Figueiredo, com os mesmo discursos enfadonhos, com o mesmo CD, com os mesmos chavões, com a mesma técnica de entrar às escondidas e fechar-se no seu gabinete para ninguém o chatear. Mas o Figueiredo dizem que deixou montes de projectos aprovados para o Rosa do seu se entreter a fazer obras dos seu 1.º mandato. Mas como a reencarnação dele é mais de se preocupar com a barba e com o perfil para a fotografia, não vai deixar obra, nem vai deixar projectos.
Como alguém escreve e bem eles que se cuidem. Há 17 anos atrás não foi o PS que ganhou as eleições, foi o PCP/CDU que as perdeu e desta vez não é o PS/TPA/PSD que as vai ganhar é o PCP/CDU com a sua indigência de espírito criativo que vai perder.
QUE PERCAM. AFINAL ALPIARÇA SÓ TERÁ A GANHAR! 


A coligação TPA/PS

"...não me causaria mesmo qualquer espanto que o TPA e PS unidos, com uma equipa de elite, viessem a ganhar a maioria na câmara de Alpiarça nas próximas eleições de 2017. Seria um erro para qualquer analista do espectro político alpiarcense, esquecer aquilo que sucedeu a Raúl Figueiredo, mais tarde ao PS de Rosa do Céu, Vanda Nunes e à candidata experiente Sónia Sanfona. O povo é soberano, meu amigo, e não anda aqui a dormir ou só a ver passar os comboios, como muita gente pensa.
O Povo elege, o Povo derruba!"
É um facto senhor comentarista, mas não repita isso muitas vezes pois os camaradas sabem disso e ficarão ainda mais "indispostos". Nós sabemos o esforço que eles têm feio nas reuniões públicas e meios de comunicação para evitar a todo o custo essa aproximação de PS e TPA em Alpiarça. Até parece que eles têm aversão a coligações que não sejam a sua própria PCP/PEV

Diz o povo: "quem não se sente não é filho de boa gente!"

P.T
Senhor comentarista (ler: "Francisco Cunha "tem muita lábia"": ) tome boa nota do que eu lhe digo: Estou a marimbar-me, na verdadeira acepção do termo, para os políticos, desde que com as suas atitudes não me prejudiquem. Se me prejudicam ou prejudicam aqueles que me são próximos, é claro que tenho de reagir. Nem que para isso tenha de invocar a "Acção Directa" consignada no art.º 336.º do Código Civil Português. Diz o povo: "quem não se sente não é filho de boa gente!" E de uma coisa pode ficar ciente: não pense que as pessoas que frequentam estas modernices do ciberespaço são todas elas, uma cambada de parolos, que não sabem pensar pela sua cabeça! Que embarcam em meia dúzia de lampanas que alguém lhes recita em momento de inspiração bacoca.
Basta fazer uma pequena e simples análise para concluir que, os comunistas que se dizem defensores disto e daquilo...que são gente séria, honesta, cumpridora, transparente, impoluta, pessoas que estão ao lado da razão, dos mais fracos etc. no fim de contas, são iguais senão piores que os outros. Piores do que aqueles que eles criticam e deles dizem cobras e lagartos. Falo amargamente e com conhecimento de causa. Olhe caro comentarista, apetece-me parafrasear o senhor João Lázaro, que Deus o tenha em descanso na Terra da Verdade, que foi figura bem conhecida de uma aldeia vizinha de Alpiarça, homenageando ao mesmo tempo os seus discursos "arrebatadores e solitários" de grão na asa mas cheios de pragmatismo e sentido filosófico. Diziam ser um homem mais bêbado que o cacho mas, mais lúcido que muitos abstémios. Discursava sem fingimento para uma plateia sem público, no seu jeito vernáculo, sabe-se lá se inspirado pelo inebriante génio de Baco se pela dureza que a vida tem: "Políticos da minha terra! Defensores do meu povo! Gente séria e trabalhadora! Gente do meu coração!...VÃO TODOS BARDAMERDA!...

Aprovado subsídio de renda para inquilinos idosos ou com carência financeira

O subsídio de renda para inquilinos idosos ou com carência financeira foi aprovado  em Conselho de Ministros e vai poder ser atribuído aos arrendatários que já têm contrato ou que formalizem um novo.
A medida será aplicada após o período transitório de cinco anos, previsto na lei do arrendamento urbano de 2012, que limitou o aumento dos valores de rendas para pessoas com rendimentos inferiores a cinco retribuições mínimas nacionais garantidas.
Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, o subsídio poderá ser para um "arrendamento em vigor, o qual permitirá aos arrendatários manter o contrato de arrendamento e a sua residência atual, ou, em alternativa, um subsídio para um novo contrato de arrendamento".
O subsídio suportará a diferença entre a "nova renda e a renda que pode ser suportada pelo arrendatário, com base no seu rendimento".
No regime especial foram incluídos arrendatários com idade igual ou superior a 65 anos, uma deficiência com incapacidade igual ou superior a 60% ou com carência financeira.
«JN»

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Estamos em Alpiarça mas ainda não chegámos aos Botswana...


Cada vez fico mais impressionado com a polivalência técnica do nosso presidente, agora em matéria ecológica.
Mas porque razão tem um presidente de estar presente para a foto num local que tecnicamente é da responsabilidade primária das "Águas do Ribatejo". É que até lhe fica protocolarmente mal, mesmo para moçambicanos.
Haja alguém que explica ao nosso presidente onde é o seu lugar nestes casos. Uma coisa é ser presidente outra, bem diferente, é ser-se "Relações Públicas".
O que se exigia não era perder-se uma manhã ou uma tarde a andar com os moçambicanos na ETAR, a mandar "bitaites" do que não sabe (tecnicamente), nem tem obrigação de saber, mas apenas receber a comitiva no município e apresentar algumas palavras de boas-vindas e de circunstância e, se necessário, disponibilizar alguém na CMA para os acompanhar e apoiar.
HAJA UM MINÍMO... Estamos em Alpiarça mas ainda não chegámos aos Botswana...

Noticia relacionada:

Festa do Casalinho 2015


As festas populares do Casalinho retomadas depois de 17 anos de interregno.
A cultura popular a aproximar as populações do concelho de Alpiarça.







«Texto e fotos de Mário Pereira»